segunda-feira, agosto 20, 2018
Home > Notícias do Sindicato > Encontro reúne sindicatos de bancários de países de língua portuguesa

Encontro reúne sindicatos de bancários de países de língua portuguesa

Crédito: Contraf-CUT
Contraf-CUT
Contraf-CUT participou do encontro em Angola

Dirigentes sindicais do Brasil, Angola, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe se reuniram na cidade de Luanda, em Angola, nos dias 6 e 7 de agosto, para o 1º Encontro dos Sindicatos do Setor Financeiro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). O evento contou com a presença do chefe mundial da UNI Finanças, Márcio Monzane.

A Contraf-CUT participou do encontro, representada pela secretária-geral Ivone Silva, pelo secretário de relações internacionais Mário Raia e pela diretora executiva do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Rita Berlofa.

O encontro aprovou a criação de um fórum entre os países de língua portuguesa. "Os trabalhadores dos países presentes foram unânimes em afirmar a necessidade da criação de um fórum da CPLP Sindical do Setor Financeiro. O fórum tem o caráter democrático pela luta e defesa dos trabalhadores, buscando sempre construir um processo de solidariedade internacional de classe", afirma Mário Raia.

Segundo o diretor da Contraf-CUT, a criação desse espaço leva em conta o atual momento de fragilidade em que atravessa o sistema financeiro internacional, os problemas enfrentados pelos seus trabalhadores e a internacionalização dos negócios e interesses dos diferentes órgãos que compõem a CPLP. "O fórum aponta para a necessidade de influenciar todo o processo que busca a regulamentação do sistema financeiro", destaca.

Os participantes do evento definiram como objetivos o intercâmbio, a troca de experiências e a organização sindical nos países da CPLP. Os trabalhadores ainda aprovaram a institucionalização da Língua Portuguesa como língua de trabalho nas organizações internacionais e a realização de reuniões bienais, podendo ser intercaladas com reuniões técnicas.

Ainda foi aprovado o rodízio das reuniões entre os países e a necessidade de formação sindical para criação de quadros sindicais em todos os países.

Os representantes dos países na criação do fórum também se esforçarão para que os sindicalistas dos demais países de língua portuguesa, que não puderam comparecer ao encontro (Cabo Verde, Timor Leste e Guiné), estejam presentes nas reuniões futuras.

Com a instação do fórum, Angola ficou responsável pela coordenação até a próxima reunião da CPLP, que ocorreá em 2014 na cidade de Maputo, no Moçambique.

Os participantes saudaram todos os trabalhadores e trabalhadoras do setor financeiro da comunidade dos países de língua portuguesa.

A declaração foi assinada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro – Contraf-CUT (Brasil), pelo Sindicato Nacional dos Empregados Bancários de Angola – SNEBA (Angola), pelo Sindicato Nacional dos Empregados Bancários – SNEB (Moçambique), pelo Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas – SBSI, Sindicato dos Bancários do Centro – SBC e Sindicato dos Bancários do Norte – SBN (Portugal) e pelo Sindicato dos Trabalhadores Bancários e Parabancários de São Tomé e Príncipe – STBPSTP, de São Tomé e Príncipe.

Fonte: Contraf-CUT