Bancários protestam contra privatização da Caixa Econômica Federal

Seguindo a agenda de lutas em defesa da Caixa 100% Pública, o Sindicato dos Bancários da Paraíba realizou na manhã desta quarta-feira (1), um ato público em frente à agência Tambaú, da Caixa Econômica Federal com o objetivo de denunciar a ameaça de abertura do capital do Banco, que vai reduzir o número de empregados e precarizar o atendimento à população, além de aumentar a sobrecarga de trabalho aos empregados e deixar o Brasil numa situação ainda mais precária com prejuízos que atacam diretamente o desenvolvimento do país.

Segundo carta feita pela CONTRAF-CUT, distribuída durante a atividade, a Caixa garante ao povo brasileiro serviços que beneficiam e resguardam a cidadania das pessoas, especialmente daquelas que mais precisam. O exemplo disso são os Programas como Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Família, a gestão dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) que financiam obras de saneamento e infraestrutura, como água de qualidade, coleta e tratamento do esgoto sanitário e tantos outros serviços prestados à sociedade são possíveis por meio do trabalho de centenas de empregados que fazem parte desta empresa.

Para a diretoria do Sindicato, Silvana Ramalho, o Dia Nacional de Luta dos Empregados da Caixa é para defender o patrimônio do povo brasileiro. “Estamos enfrentando um cenário bastante adverso à classe trabalhadora e essas mobilizações precisam ser fortalecidas, com o intuito de conscientizar a sociedade dos malefícios que virão com a abertura do capital da Caixa. Para isso, é preciso garantir o enfrentamento as ameaças reais de privatização da empresa, sendo extremamente necessário o fortalecimento da luta em defesa da Caixa 100% Pública.”, afirmou.

 

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail
Topo