Taxas foram reduzidas em 0,1%, em média, contra queda de 1% da Selic – São Paulo – Pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 11, pela Fundação Procon-SP, apontou nova queda nos juros bancários em fevereiro, na comparação com o mês anterior. Essa é a segunda redução consecutiva após a sequência de alta constatada no fim de 2008.

De acordo com o Procon-SP, os juros médios dos empréstimos pessoais caíram de 6,01% para 5,89% ao mês, redução de 0,12 ponto percentual. Dos dez bancos consultados na pesquisa, oito diminuíram as suas taxas.

Já a média dos juros do cheque especial caiu de 9,25% para 9,18% ao mês, queda de 0,07 ponto percentual. Sete das dez instituições baixaram as taxas.

As taxas informadas pelo Procon-SP foram coletadas no último dia 3 e 4. Participaram da pesquisas o Banco do Brasil, Bradesco, a Caixa Econômica Federal, o HSBC, Itaú, a Nossa Caixa, o Banco Real, Safra, Santander e Unibanco.

Para o presidente do Sindicato, Luiz Cláudio Marcolino, os bancos ainda estão devendo. "A taxa básica de juros (Selic) teve queda de 1%. E os bancos reduzem em média 0,1%. O spread continua alto. Isso indica a má vontade do setor em conceder crédito mais barato, o que tem que mudar."

Fonte: Fábio Jammal Makhou, com informações da Agência Brasil