Em rodada de negociação realizada nesta quinta-feira 19, o Itaú atendeu reivindicação da Contraf/CUT e dos sindicatos e anunciou que pagará no dia 26 a diferença que faltava para o teto tanto da PLR adicional quanto do PCR, o que totaliza R$ 1.259,00 para cada funcionário do banco.

A próxima reunião está agendada para o dia 7 de abril. Em pauta, o debate do Pagamento Complementar dos Resultados (PCR) a todos os funcionários do Itaú-Unibanco. Além disso, também será debatido com mais profundidade as questões da fusão, e ocorrerá a apresentação do centro de realocação.

"Foi importante os bancários receberem a diferença que faltava da PLR e PCR. Agora vamos levar a discussão de uma nova PCR a todos os funcionários para este ano de 2009", diz Carlos Cordeiro, secretário geral da Contraf-CUT.

Fonte: Contraf-CUT