O Bank of America anunciou nesta segunda-feira um lucro líquido de US$ 4,2 bilhões no primeiro trimestre do ano, quase triplicando seus resultados do mesmo período do ano anterior – quando o lucro foi de US$ 1,2 bilhão. O ganho do banco por ação foi de US$ 0,44 – o que surpreendeu os analistas, que previam um ganho de apenas US$ 0,04 por ação.

No quarto trimestre do ano passado o banco registrou um prejuízo de US$ 1,7 bilhão. A receita do Bank of America entre janeiro e março ficou em US$ 36 bilhões. O banco fez ainda um acréscimo de US$ 6,4 bilhões a suas provisões para arcar com perdas ligadas a inadimplência.

"O fato de termos conseguido registrar resultados sólidos, positivos para o trimestre é extremamente bem-vindo no atual ambiente", disse o presidente e executivo-chefe do banco, Kenneth Lewis, em um comunicado.

Balanços positivos – O setor bancário americano vem apresentando desempenho positivo referente ao primeiro trimestre. Os resultados já divulgados por algumas instituições agradaram o mercado financeiro.

O lucro do JPMorgan Chase ficou em US$ 2,14 bilhões (US$ 0,40 por ação) no primeiro trimestre deste ano, 10% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado, superando as previsões dos analistas, de ganho de US$ 0,32 por ação. A receita do banco bateu recorde e chegou a US$ 26,9 bilhões.

Já o Goldman Sachs teve lucro líquido de US$ 1,66 bilhão no primeiro trimestre (US$ 3,39 por ação), ante US$ 1,47 bilhão em idêntico período de 2008 – superando com folga a previsão de ganho de US$ 1,64 por ação, feita por analistas.

Fonte: Folha Online