Por iniciativa do Sindicato dos Bancários de Brasília, em consonância com a política nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT) de discutir com a sociedade o Sistema Financeiro Nacional e suas especificidades, a Câmara Legislativa do Distrito Federal, através do gabinete da deputada distrital Erika Kokay (PT), promove na próxima terça-feira 26 audiência pública para tratar do tema segurança bancária.

Representantes dos trabalhadores, do empresariado, do governo e parlamentares debaterão aspectos relacionados à segurança nos bancos no Brasil, com ênfase no Distrito Federal. Estão confirmadas as presenças da deputada Erika Kokay; do presidente do Sindicato dos Bancários, Rodrigo Britto; do representante da Contraf/CUT para assuntos de segurança bancária, Daniel Reis; do presidente do Sindicato dos Vigilantes, Jervalino Rodrigues; do presidente do Sindicato dos Vigilantes de Transporte de Valores do DF, Carlos Neves; do presidente da Confederação Interestadual dos Vigilantes, Vicente Oliveira; do vice-presidente do Sindicato das Empresas de Segurança Privada de Transporte de Valores do DF, Raul Balduíno; e do coordenador-geral de Segurança Privada da Polícia Federal, Adelar Anderle.

"A questão da segurança bancária está na ordem do dia do movimento sindical bancário, dada a irresponsabilidade dos banqueiros no trato com o tema. Vários são os agentes envolvidos nesse processo – bancários, vigilantes, clientes e usuários -, tornando urgente a discussão de mecanismos que garantam a aplicação da legislação que rege o setor", defende o presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília, Rodrigo Britto.

A audiência será no plenário da Câmara Legislativa, das 10h às 13h. Mais informações pelo telefone 3262-9090 (Sindicato dos Bancários de Brasília).

Fonte: Seeb Brasília