SÃO PAULO – O segundo maior banco privado do país, Bradesco, anunciou nesta sexta-feira a compra do Banco ibi, braço financeiro das lojas C&A, por cerca de 1,4 bilhão de reais em ações. Com a operação, o Bradesco dobrará sua base de clientes de cartões de crédito.

A compra do ibi ainda envolve acordo de 20 anos para o Bradesco ser fornecedor exclusivo de produtos e serviços financeiros da rede de varejo.

O valor a ser pago aos acionistas do ibi, o grupo suíço Cofra que também controla a C&A, representa aproximadamente 1,6 por cento do capital social do Bradesco, informou o banco em comunicado. A operação também inclui a corretora de seguros e outras duas empresas do ibi.

Com a aquisição, o Bradesco eleva sua base de cartões de crédito private label de 13,3 milhões para 34,1 milhões, segundo dados do fim de 2008 divulgados pelo banco. Enquanto isso, a base de cartões bandeirados do banco passa de 22 milhões para 31,8 milhões.

Enquanto isso, o Bradesco adiciona faturamento de 9,9 bilhões de reais a sua operação de cartões de crédito, segundo dados do fim do ano passado, para 56,5 bilhões de reais.

O ibi, que vai se tornar subsidiária do Bradesco, tinha ao final do ano passado patrimônio líquido de 928 milhões de reais e ativos totais de 5,6 bilhões de reais.

A operação ocorre depois que o Bradesco caiu da primeira posição entre os bancos privados do país após o Itaú ter assumido o controle do Unibanco. As últimas aquisições importantes do Bradesco incluem a corretora Ágora em 2008, por cerca de 800 milhões de reais, e do banco BMC, em 2007, também por aproximadamente 800 milhões de reais.

O banco não informou quando espera que a operação será finalizada.

Fonte: Agência Reuters