O mês ainda não acabou e já entra para a estatística do medo como um dos mais violentos do ano no Rio Grande do Sul. Um ataque a banco foi registrado a cada dois dias no Estado, conforme levantamento mensal do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários), numa clara mostra de que faltam investimentos em segurança, tanto por parte dos banqueiros quanto pelo governo do Estado.

O SindBancários segue na luta pela implementação de medidas urgentes, a começar pelo cumprimento das leis municipais pelos bancos no que diz respeito à instalação da porta giratória antes do autoatendimento e da blindagem dos vidros das fachadas. Do governo Yeda, o Sindicato cobra mais policiamento e reforço do efetivo, principalmente nos dias de maior movimento em agências e postos, a cada início de mês.

Roubo ao caixa eletrônico do Banrisul em Santa Maria

Cinco homens armados roubaram o caixa eletrônico do posto bancário da companhia de ônibus Expresso Medianeira, em Santa Maria, na madrugada deste sábado, dia 27. Uma camioneta Fiorino foi usada para retirar o equipamento.

O crime ocorreu por volta das 2h42min. Conforme imagens das câmeras de segurança, quatro assaltantes renderam o vigia e o fizeram abrir o portão da empresa para a entrada do veículo. Em seguida, se dirigiram ao posto bancário do Banrisul, dentro da companhia, e carregaram o caixa para dentro do carro. A ação durou cerca de 8 minutos. O vigia não foi ferido.

Por volta das 8h, peritos foram ao local em busca de evidências da identidade dos criminosos. Três deles estavam encapuzados e com os rostos cobertos por mantas no momento da ação. A polícia suspeita que o grupo não seja de Santa Maria.

Assalto ao posto do Banrisul no Palácio da Justiça

Um homem invadiu o Palácio da Justiça, no centro da Capital, e assaltou um posto de atendimento bancário do Banrisul na tarde de sexta-feira, dia 26.

O ladrão entrou no local às 16h e anunciou o assalto. Ele prendeu duas funcionárias no banheiro antes de fugir com uma quantia em dinheiro não divulgada. Ninguém ficou ferido.

Para chegar até o posto de atendimento bancário, o homem passou por um detector de metais na entrada do prédio. Ele, que usava jaqueta jeans e boné, teria subido de elevador até o terceiro andar, onde funciona o posto. O local atende apenas aos magistrados da Associação dos Juizes do Rio Grande do Sul (Ajuris). Ontem era dia de pagamento.

O assalto só foi percebido depois de as duas funcionárias presas no banheiro pedirem socorro. Funcionários da sala ao lado ouviram o barulho e foram ajudá-las.

Estatística do medo – Junho de 2009

1. Dia 1: Itaú – São Leopoldo (Agência Scharlau) : tentantiva de assalto
2. Dia 8: Real – Porto Alegre (Hospital Moinhos de Vento): assalto
3. Dia 9: Banrisul – Bento Gonçalves (agência Cidade Alta): assalto
4. Dia 10: Banrisul – Porto Alegre (agência Navegantes): tentativa de assalto com cliente morto
5. Dia 15: Banrisul (Barão do Triunfo): assalto
6. Dia 15: Bradesco – Porto Alegre (agência Eduardo Prado): assalto com agressão a trabalhadores
7. Dia 18: Unibanco – Cachoeirinha: assalto com agressão a trabalhadores e clientes
8. Dia 18: Banrisul – Taquaruçú do Sul (Posto de Atendimento): arrombamento
9. Dia 19: Unibanco – Porto Alegre (agência Otto Niemayer): assalto com agressão a trabalhadores e clientes
10. Dia 25: Banrisul – Braga: arrombamento
11. Dia 26: Banrisul – Cotiporã: assalto com reféns
12. Dia 26: Banrisul – Porto Alegre (posto do Palácio da Justiça): assalto
13. Dia 27: Banrisul – Santa Maria (Expresso Medianeira): roubo de caixa eletrônico

Fonte: Imprensa/SindBancários com informações do DSM