sábado, maio 30, 2020
Home > Bancos > Banco do Brasil > Assalto à agência do BB de Tramandaí-RS termina com policial militar morto

Assalto à agência do BB de Tramandaí-RS termina com policial militar morto

Crédito: Francisco Amorim – zerohora.com
Francisco Amorim - zerohora.com Depois de alertar inúmeras vezes para a violência que assola os bancos, presas fáceis da ação de bandidos devido à falta de investimentos em segurança, o movimento sindical bancário do mRio Grande do Sul noticia mais uma tragédia. Um jovem policial militar, sobrinho do presidente do Sindicato dos Bancários do Litoral Norte, Dalmor Trevisan, foi morto na manhã desta quinta-feira, dia 2, durante troca de tiros com uma quadrilha que tentava assaltar a agência do Banco do Brasil em Tramandaí.

O episódio ocorreu às 8h20 da manhã. Três bancários estavam na entrada da agência para abertura da unidade, quando foram abordados por quatro assaltantes. Os ladrões obrigavam os funcionários a deitar atrás dos caixas, quando dois PMs chegaram ao local.

Segundo relatos dos diretores do Sindicato dos Bancários do Litoral Norte, Tione Oliveira e Deise Menezes, o bando foi surpreendido e um dos bandidos disparou três tiros contra os policiais. Um dos disparos atingiu a cabeça do PM, que morreu na hora.

A ocorrência violenta abre, infelizmente, a estatística do medo de julho no RS, após um mês de junho para lá de preocupante, que contabilizou 15 ataques a banco no Estado. A maioria deles ocorreu em agências do Banrisul.

A agência do BB foi fechada e um representante da Superintendência do banco em Porto Alegre esteve no local para conversar com os funcionários. Os diretores do Sindicato dos Bancários permanecem na agência para apoiar os colegas e emitir a Comunicação de Acidente do Trabalho (CAT). Os bancários também irão ser submetidos à avaliação psicológica.

Estatística do medo – Julho de 2009

1. Dia 2: Banco do Brasil – Tramandaí (Agência Emancipação): assalto com tiroteio e morte de um policial

Estatística do medo – Junho de 2009

1. Dia 1: Itaú – São Leopoldo (agência Scharlau): tentantiva de assalto
2. Dia 8: Real – Porto Alegre (agência Hospital Moinhos de Vento): assalto
3. Dia 9: Banrisul – Bento Gonçalves (agência Cidade Alta): assalto
4. Dia 10: Banrisul – Porto Alegre (agência Navegantes): tentativa de assalto com cliente morto
5. Dia 15: Banrisul – Barão do Triunfo: assalto
6. Dia 15: Bradesco – Porto Alegre (agência Eduardo Prado): assalto com agressão a trabalhadores
7. Dia 18: Unibanco – Cachoeirinha: assalto com agressão a trabalhadores e clientes
8. Dia 18: Banrisul – Taquaruçú do Sul: arrombamento
9. Dia 19: Unibanco – Porto Alegre (agência Otto Niemayer): assalto com agressão a trabalhadores e clientes
10. Dia 25: Banrisul – Braga: arrombamento
11. Dia 26: Banrisul – Cotiporã: assalto com reféns
12. Dia 26: Banrisul – Porto Alegre (posto do Palácio da Justiça): assalto
13. Dia 27: Banrisul – Santa Maria: roubo do caixa eletrônico
14. Dia 30: Banrisul – Amaral Ferrador: assalto com tiroteio
15. Dia 30: Bradesco – Porto Alegre (agência Oscar Pereira): assalto

Fonte: Seeb Porto Alegre e Litoral Norte e Feeb/RS