As centrais sindicais pediram na segunda-feira, dia 17, o adiamento da reunião com o governo federal para negociar o valor das aposentadorias a partir de 2010. O encontro, inicialmente previsto para ocorrer nesta terça-feira, dia 18, ainda não tem data para ocorrer. O aumento vai favorecer 8 milhões de aposentados e pensionistas que ganham mais de um salário mínimo como benefício.

O governo está disposto a conceder um reajuste acima da inflação. Em contrapartida, o Poder Executivo propõe unificar em uma só matéria quatro propostas de interesse dos aposentados que tramitam no Congresso Nacional:

– o PL 3.299/08, que acaba com o fator previdenciário;

– o PL 4.434/08, que recompõe o valor das aposentadorias com base no número de salários mínimos recebidos na data de concessão do benefício;

– a emenda do senador Paulo Paim (PT-RS) ao PL 1/07, que vincula o reajuste das aposentadorias ao aumento do salário mínimo; e

– o reajuste de 16,7% para aposentados e pensionistas, aprovado pelo Congresso Nacional e vetado pelo Palácio do Planalto.

As centrais sindicais querem mais tempo para analisar a proposta.

Fonte: Agência Informes