O Ministério das Finanças suíço anunciou nesta quinta-feira, 20 de agosto, que o governo venderá toda a participação que possui no banco UBS, de 9%.

A informação publicada na Folha de São Paulo diz que as autoridades suíças não passaram maiores explicações sobre as razões do negócio.

O governo disse ainda que espera obter "lucro adequado" com a venda de ações.

Fonte: Contraf-CUT, com Folha de São Paulo