O Banco Nossa Caixa anunciou ontem os novos acordos para a comercialização de seguros em suas agências, fruto da reestruturação dos contratos depois da compra pelo Banco do Brasil. A SulAmérica continuará operando no ramo residencial, por um período de 12 meses, mas a Mapfre Vera Cruz Seguradora, que se manteve nesse ramo, passou a ter exclusividade nos seguros rurais (incluindo penhor, porteira fechada e riscos agrícolas) e empresariais, incluindo riscos industriais e comerciais, também por um ano.

Nos dois casos, a Nossa Caixa será remunerada mensalmente com base no total dos prêmios líquidos emitidos pelas seguradoras. A Porto Seguro, que também tinha parceria com o banco paulista nos ramos empresarial, residencial e veículos ficou de fora na reestruturação.

Na semana passada, o banco estatal já havia anunciado a exclusividade para a oferta de seguros de veículos à Brasilveículos, empresa do próprio BB em parceria com a SulAmérica.

De acordo com o vice-presidente de Relações com Investidores da SulAmérica, Arthur Farme, essa restruturação foi necessária depois da compra da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil e permitiu que a Brasilveículos tivesse direto a exclusividade no segmento de automóveis. Sobre os boatos de que o Banco do Brasil e a SulAmérica estariam em estudos para integrar as operações, Farme disse que a empresa não comenta rumores. "Temos uma parceria muito bem sucedida e qualquer coisa além disso é especulação", disse o executivo.

Fonte: Valor Econômico / Fernando Travaglini, de São Paulo