O presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe, José Souza, e membros da diretoria da entidade participaram na manhã de segunda-feira, dia 24, de Sessão Especial no plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), realizada em homanagem aos 75 anos de fundação da entidade.

O primeiro a ocupar a tribuna foi o sindicalista José Souza, que fez um breve relato da história da instituição, fundada em 14/07/1934, com o nome de Sindicato Sergipense dos Bancários, com sede na Rua Laranjeiras. Segundo o relato de Souza, a entidade se destaca pela defesa dos trabalhadores, em favor das lutas sociais.

Na sequência da sua explanação, Souza citou exemplos de grandes momentos da vida nacional em que o Sindicato dos Bancários marcou significativa presença, como a campanha ‘O Petróleo é Nosso’, ou até greves que marcaram a história, como a de 1951, que durou 69 dias e foi importante para a criação do Dia Nacional do Bancário, que é comemorado em 28/8. O líder sindical aproveitou o momento ainda para apresentar um filme com fotos da participação dele e de vários companheiros nas lutas na defesa da categoria.

Para concluir o discurso, Souza pediu o apoio dos vereadores para a aprovação do projeto do parlamentar Valdir Santos (PTdoB), para transformar o dia 24 de junho, data em que é comemorado o São João, em feriado municipal, já que, na sua avaliação, vários estabelecimentos ficam fechados.

Homenagens

A vereadora Rosangela Santana (PT) parabenizou o sindicato pela comemoração e lembrou que a instituição "não é apenas dos bancários, e sim do povo sergipano". A parlamentar externou a sua emoção ao ver as fotos históricas do movimento de luta em defesa dos seus direitos, pela oportunidade de rever velhos companheiros.

"A sede do Sindicato dos Bancários foi sempre utilizada por outras entidades e até hoje abriga em uma sala a representação do Dieese, fato que engrandece ainda mais essa instituição aberta ao nosso povo", acrescentou a vereadora.

A diretora do Sindicato dos Bancários de Sergipe Ivânia Pereira afirmou que a entidade merece toda esta demonstração de carinho e respeito, por tudo que representa como protagonista de todas as conquistas do povo sergipano e por sua história de luta.

O parlamentar Juvêncio Oliveira (DEM) destacou a importância da sessão especial em homenagem aos 75 anos de fundação do Sindicato dos Bancários, porém, disse ficar triste quando vê "um movimento que outrora foi tão forte, estar sendo fragilizado por força do poderio dos banqueiros", fator que, segundo o vereador, só traz prejuízos para o crescimento do país e termina penalizando movimentos que ainda sobrevivem na luta por melhores condições de vida e de trabalho.

O vereador Elber Batalha Filho (PSB) disse concordar com o vereador Juvêncio Oliveira, no que se refere ao enfraquecimento do movimento e da categoria, pois não admite que o sistema financeiro continue oferecendo lucros exorbitantes aos banqueiros e nada disso chegue aos bancários em termos de dividendos. Para Batalha Filho, o projeto político buscado ao longo dos anos está concretizado, porém, neste aspecto, muita coisa tem que melhorar.

Sobre o projeto do vereador Valdir Santos (PT do B), que trata do feriado de São João, Elber Filho disse que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara deve verificar se existe delimitação da quantidade de feriados, se tudo estiver correto, o parecer será pela sua tramitação.

Fonte: Câmara Municipal de Aracaju