greve_campinas_25092009.jpg

Crédito: Júlio Cesar Costa/Seeb Campinas
greve_campinas_25092009.jpg
A greve dos bancários atingiu hoje (25) 150 locais de trabalho em Campinas e 15 cidades da região, envolvendo aproximadamente 3 mil trabalhadores dos setores públicos e privados. Em relação ao primeiro dia, ontem (24), quando foram fechados 102 locais de trabalho, a paralisação cresceu 47%.

Para o presidente do sindicato, Jeferson Boava, a "greve consolidou e ampliou no segundo dia, principalmente na região". E diante da inexistência de nova proposta da Fenaban (Federação Nacional de Bancos), a greve continua na próxima segunda-feira, dia 28, conforme decisão aprovada na assembleia realizada ontem (24) na sede do sindicato. Na mesma segunda-feira nova assembleia, às 17h, avalia a paralisação, que é nacional.

Cidades em greve: Americana, Amparo, Cabreúva, Campinas, Cosmópolis, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Louveira, Mogi Mirim, Nova Odessa, Paulínia, Serra Negra, Sumaré, Valinhos, Vinhedo,

Números do primeiro dia (24/09): 102 locais de trabalho fechados. Em Campinas, 75; na região, 27. Bancários em greve: 2.500

Fonte: Seeb Campinas