greve_bradesco_rio.jpg

greve_bradesco_rio.jpg
As agências do Bradesco permaneceram vazias e fechadas nesta sexta-feira, dia 25, com a adesão inteiramente espontânea dos bancários. A Justiça rejeitou o recurso do banco, negando outra vez o interdito proibitório e garantindo aos trabalhadores o legítimo direito constitucional de greve.

A adesão dos bancários à greve nacional cresce em todo Brasil. No Rio, 658 agências, departamentos e prédios não funcionaram no segundo dia de paralisação. São, ao todo, cerca de 17 mil trabalhadores (quase 85% da categoria) que participaram do movimento.

"A partir desta semana a greve vai ficar ainda mais forte. Não vamos recuar até que a Fenaban apresente uma proposta decente", disse o presidente do Sindicato, Almir Aguiar.

Fonte: Seeb Rio