As telefonistas terceirizadas do Banco do Brasil conseguiram uma vitória e suspenderam nesta segunda-feira (28) a greve iniciada na semana passada por causa das irregularidades trabalhistas e salariais cometidas pela empresa Assemp.

Em reunião no Ministério Público do Trabalho na segunda-feira, entre Sinttel (apoiado pelo Sindicato dos Bancários), BB e representantes da empresa prestadora de serviços, o advogado da Assemp se comprometeu a pagar os atrasados relativos a auxílio transporte e alimentação, bem como salário de acordo com o piso da categoria.

O Banco deverá realizar, até o início da próxima semana, licitação emergencial para contratação de nova prestadora de serviços que assegure o pagamento do piso da categoria (R$ 630). Os sindicatos fiscalizarão o acordo feito junto ao MPT.

Fonte: Seeb Brasília