Foram oito dias de greve com muito suor, garra e disposição de luta, que terminaram com uma expressiva vitória dos trabalhadores da empresa terceirizada Fidelity, em São Paulo. A empresa atendeu as reivindicações dos trabalhadores, nesta sexta 2, e reajustou os valores da cesta-alimentação, do vale-refeição e ainda pagará uma 13ª cesta-alimentação.

Dessa forma, o vale-alimentação que era de R$ 100 passa a ser de R$ 130 ao mês, o vale-refeição de R$ 6,50 passa para R$ 8. A 13ª cesta-alimentação, que será paga no mês de dezembro, terá também o valor de R$ 130.

A Fidelity também não descontará os dias parados na greve e se comprometeu com o Sindicato a não perseguir ou promover qualquer tipo de retaliação aos trabalhadores que fizeram a greve. Dessa forma, caso haja qualquer tipo de pressão em qualquer um dos sites que paralisaram as atividades – São João, Vila Matilde, Limão e Osasco -, os funcionários devem denunciar ao Sindicato.

"Os funcionários estão de parabéns por construir uma greve tão forte ao lado do Sindicato. Agora prosseguiremos nas negociações para que sejam melhoradas as condições de trabalho em todos os sites", afirma a secretária-geral do Sindicato, Juvandia Moreira.

Os trabalhadores encerraram a greve e já estão retornando aos seus locais de trabalho.

Fonte: Seeb São Paulo