Crédito: Seeb Londrina
Seeb Londrina
A greve na base do Sindicato de Londrina continua forte no seu nono dia, atingindo a quase totalidade das agências bancárias dos municípios de Londrina, Rolândia, Cambé e Ibiporã.

A adesão corresponde a 70% dos bancários da região e só não é maior por conta da interferência da Justiça do Trabalho que concedeu liminares ao Itaú Unibanco e ao Bradesco.

"A vontade dos bancários e bancárias é de lutar por uma proposta que contemple o aumento real e o pagamento de uma PLR justa. Rebaixar valores e diminuir direitos é algo inaceitável", ressalta Wanderley Crivellari, Presidente do Sindicato.

A greve continua na base de Londrina, visto que não há uma proposta decente por parte dos banqueiros.

Fonte: Seeb Londrina