Crédito: Agnaldo Azevedo
Agnaldo Azevedo
A Contraf-CUT assinou na tarde desta quinta-feira, 15, o Acordo Aditivo de Participação nos Lucros e Resultados (PLR) do Banco do Brasil. Com isso, os trabalhadores devem receber o crédito da primeira parcela em suas contas a partir desta noite, com o seguinte valor: 45% do salário paradigma, mais uma verba fixa de R$ 483, mais 4% do lucro líquido do primeiro semestre de 2009 distribuídos linearmente, o que equivale a R$ 1.730,96.

"O modelo de PLR negociado junto ao do Banco do Brasil, conquistado em 2006, tem servido de referência para o movimento sindical nos debates sobre o tema. Nesta campanha salarial, serviu de modelo inclusive para a regra definida nas negociações coma Fenaban, que incluiu uma parcela distribuída linearmente para todos os funcionários", afirma Marcel Barros, secretário-geral da Contraf-CUT e coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB (CEBB).

Veja abaixo alguns exemplos do valor bruto de PLR, de acordo com o salário de cada função:

Escriturário – R$ 2.890,48

Caixa – R$ 3.189,34

Assistente B – R$ 3.492,61

Analista B – R$ 6.057,98

Gerente de Módulo (4689) – R$ 5.840,90

Fonte: Contraf-CUT