Crédito: Bancários PA/AP
Bancários PA/AP
Por maioria, os empregados da Caixa no Pará e Amapá reunidos em assembléia na tarde desta quarta-feira (21), na sede do Sindicato dos Bancários do Pará e Amapá, rejeitaram a proposta apresentada ontem à noite pelo banco e mantiveram a greve por tempo indeterminado.

Os trabalhadores consideraram insuficiente a nova proposta, que prevê a contratação de 5 mil bancários (a proposta anterior previa 3 mil), abono de 700 reais para ser distribuído linearmente entre os empregados e não desconto dos dias parados durante a greve, sendo que estes seriam compensados até o dia 18 de dezembro.

Nesta quinta-feira (22) o movimento grevista voltará a fazer manifestações nas portas das agências da Caixa no Pará e no Amapá. Em, Belém, haverá concentração em frente à agência Círio (Pça. da República) e agência Ver-o-Peso (Pte. Vargas, esquina com Santo Antônio). As mobilizações terão início a partir das 9h da manhã. No total, 34 agências e PAB’s da Caixa no Pará e no Amapá permanecem em paralisação por tempo indeterminado.

Nova assembléia deliberativa dos empregados da Caixa ocorrerá na tarde desta quinta, às 17h, na sede do Sindicato (28 de setembro, 1210, Reduto).

Fonte: Bancários PA/AP