O Santander cancelou no início da noite desta quarta-feira, dia 21, a negociação agendada para esta quinta-feira, às 14h, em São Paulo. O encontro daria início às discussões sobre a pauta específica de reivindicações para o Aditivo do Santander à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2009/2010, além do Acordo do Programa de Participação nos Resultados (PPR) referente ao exercício de 2009.

A suspensão da rodada foi uma retaliação do banco porque nesta quarta-feira ocorreu uma manifestação em frente ao Call Center do Real, em São Paulo. Os representantes do Santander alegam que teriam havido ofensas pessoais.

O banco ficou de agendar nova negociação.

Não foi marcada nova data para o encontro.

Fonte: Contraf-CUT