Depois da reivindicação da Contraf-CUT, o Bradesco começa nesta sexta, dia 23, a pagar as conquistas da greve nacional dos bancários, com a antecipação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). O banco vai creditar a primeira parcela da regra básica e do adicional da PLR.

Os funcionários recebem 54% do salário mais R$ 614 (60% da regra básica da PLR composta por 90% do salário mais R$ 1.024) limitada a R$ 4.008. O adicional da PLR será a distribuição linear de 2% do lucro líquido do primeiro semestre e corresponde ao teto de R$ 1.050.

Segundo o banco, está confirmado o crédito da 13ª cesta-alimentação (R$ 289,36) e as diferenças das verbas – tíquete-refeição, cesta-alimentação e auxílio-creche/babá – correspondentes aos meses de setembro e outubro para a próxima quarta-feira, dia 28.

Já as diferenças salariais serão creditadas no dia 29. A categoria conquistou este ano um reajuste de 6%. Como a data-base dos bancários é 1º de setembro, o índice deve ser aplicado retroativamente, o que traz diferenças nos salários e verbas.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb BH