O Dia Internacional da Mulher será celebrado de maneira especial na Casa dos Bancários. Desta vez o CineBancários exibe de 2 à 11 de março a mostra de cinema "Mulheres no Front", que retrata as mais importantes lutas feministas ao longo da história.

Os sete filmes escolhidos para integrar a mostra são: Lemon Tree, Libertárias, Norma Era, Provoked, Silkwood, Que Bom te Ver Viva e Mulheres no Front, que empresta título à iniciativa da Federação dos Bancários RS, SindBancários, Apcef/RS e outras entidades feministas da capital.

Clique aqui para acessar o Folder da Mostra.

A diretora da Federação, Denise Corrêa, diz que o objetivo da mostra é reviver momentos importantes, que marcaram as lutas feministas no mundo. "Qualquer iniciativa das mulheres para ocupar seus espaços no trabalho, no poder público ou pela igualdade de direitos sempre foi reprimida. Muitas mulheres morreram ou abdicaram de uma vida tranqüila em nome da dignidade e da justiça. Sejam elas sufragistas, proletárias ou intelectuais, não importa. É preciso reconhecer a importância histórica destas mulheres, que constituíram as múltiplas faces e lutas do movimento feminista", destaca a dirigente sindical.

Mulheres no Front apresenta

Norma Rae – Filme baseado na história real de Crystal Lee Sutton, que liderou uma campanha contra as condições de trabalho oferecidas pela empresa em que trabalhava. O filme recebeu diversas premiações, inclusive, tendo Sally Field premiada com o Oscar de melhor atriz. Confira o Trailer de Norma Rae!

Silkwood – O retrato de uma coragem também é baseado em uma história verídica. Karen Silkwood é funcionária de uma fábrica de componentes nucleares que denuncia publicamente casos de contaminação entre os operários. O filme, do premiado diretor Mike Nichols, é uma crítica não somente à empresa, mas ao governo. Veja o trailer de Silkwood!

O filme que intitula a mostra, Mulheres no Front (1965), (Le Soldatesse) é uma denúncia contra os abusos da Segunda Guerra e, principalmente, contra a política militarista de Mussolini.

A guerra civil espanhola é tematizada em Libertárias (1996), filme de Vicente Aranda, é um verdadeiro canto épico sobre a guerra e o papel que a mulher desempenha em tal evento. Veja o trailer de Liberárias!

Lemon Tree (Etz Limon) (2008) aborda o eterno conflito entre israelenses e palestinos. Baseado em história real, conta a história de resistência de uma mulher árabe. Clique aqui para ver o trailer de Lemon Tree!

Os anos de chumbo são retratatos em Que bom te ver viva (1989), de Lucia Murat. Misto de documentário com ficção, o filme conta com a premiada atuação de Irene Ravache. O filme aborda a tortura durante o período de ditadura no Brasil, mostrando como suas vítimas sobreviveram e como encaram aqueles anos de violência duas décadas depois.

A mostra ainda promove o lançamento em Porto Alegre do filme inédito Provoked – Desejo de Liberdade (2006), co-produção entre a Inglaterra e a Índia, um vigoroso drama sobre violência doméstica, inspirado em fatos reais. Confira o trailer deo Provoked!

Fonte: SindBancarios