O Sindicato dos Bancários de Teresópolis acompanhou na terça-feira, dia 2, a fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) na agência da Caixa Econômica Federal, em Teresópolis, no Estado do Rio de Janeiro. Foram constatadas as péssimas condições de trabalho na tesouraria da agência. O local se encontrava inundado com aproximadamente 10 cm de água, oriunda de infiltrações no subsolo da unidade, onde funciona a tesouraria.

Além do risco biológico decorrente da presença de água no piso, havia também o risco de choque elétrico, em razão da fiação irregular que energiza o local.

Diante da situação caótica encontrada, após horas de fiscalização e tentativas de solucionar o problema, a gerência da agência, juntamente com uma representante da superintendência e outra funcionária do setor de manutenção da CEF, firmou com o Ministro do Trabalho e o Sindicato um Termo de Compromisso.

Ficou consignado o seguinte: tomada de providências imediatas, a fim de desenergizar todo o circuito elétrico daquele pavimento; total impedimento de acesso e circulação de funcionários naquele local; transferência do setor para outro local que ofereça segurança aos funcionários; visita do setor competente da CEF, a fim de adotar as providências imediatas para elidir o risco atual e futuro de acidentes no local; e, que os funcionários da CEF, caso convocados, possam se recusar a adentrar naquele setor.

Por fim, ficou compromissado que o reingresso de funcionários naquele local somente se dará após a total regularização das condições seguras de trabalho, sob pena de interdição imediata do setor.

Na próxima semana, o Sindicato estará se reunindo com o Setor de Fiscalização do MTE, a fim de agendar fiscalização em outras agências bancárias.

Participaram da fiscalização a chefe da fiscalização do MTE, Dra. Cláudia Carvalho, o auditor-fiscal e médico do trabalho, Dr. José Luiz Damico, o auditor-fiscal do trabalho, Sr. Deraldo, e o diretor do Departamento Jurídico do Sindicato, Joselito Lopes.

Fonte: Seeb Teresópolis