Crédito: Correio do Povo
Correio do Povo Um grupo de assaltantes armados estourou a porta da agência do Banco do Brasil, no centro do município de Dom Feliciano, na região sul do Estado. A quadrilha também utilizou explosivos para levar o dinheiro do cofre e dos caixas eletrônicos. A ação ocorreu por volta das 3h. A quantia roubada não foi informada.

A gerência do banco informou ao prefeito do município Clênio Boeira da Silva, que os moradores teriam avistado dois carros escuros circulando pela cidade com ocupantes fortemente armados. Em entrevista à Rádio Gaúcha, Silva contou que todo o dinheiro da agência foi levado.

Esta é a segunda vez que o banco é assaltado. Da outra vez, foi durante o dia à mão armada e eu estava na agência, lembra.

O comandante regional de policiamento da área Sul, coronel Francisco Antônio Vale, também falou à Rádio Gaúcha e informou que as primeiras informações dão conta de que eles estariam entre seis suspeitos. Três deles teriam ficado do lado de fora da agência intimidando os moradores que foram até as janelas de casa para ver o que estava acontecendo e dando cobertura aos outros três que efetuavam o furto dentro da instituição. Uma dinamite teria sido usada na ação, de acordo com o coronel.

As primeiras informações dão conta de que eles fugiram em direção a BR-290. A Brigada Militar chegou a avistar o veículo, houve troca de tiros, na região de Butiá, mas os pneus da viatura da polícia foram atingidos pelos disparos e a perseguição foi interrompida.

Minutos depois, um Marea de cor azul foi encontrado abandonado abandonado após bater em uma ponte. A polícia acredita que os criminosos tenham roubado um Polo e uma carreta em Arroio dos Ratos para seguir na fuga.

Cerco

Agora, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Pantano Grande auxilia nas buscas. Um cerco foi montado no interior de Arroio dos Ratos. De acordo com o proprietário do carro roubado em Butiá, o Polo estaria com pouco combustível e sem o step. Ele informou à polícia que quatro ou cinco bandidos o atacaram.

Este é o segundo caso de assalto a banco em uma semana no Estado. O primeiro foi na terça-feira, em Dois Lajeados.

Dom Feliciano, cidade de 1,4 mil km², tem 15 mil habitantes e 78% da população morando no interior do município.

Fonte: Zero Hora