Em virtude do grande volume de acesso ao sistema da Fundação Itaubanco, os conselheiros eleitos, André Luís, Mauri de Souza e Messias Caetano, tiveram atendida a solicitação pela prorrogação da adesão ao novo PAC que se estenderá até 31 de março. A decisão foi tomada em reunião do conselho, realizada na terça, 9 de março.

"A reivindicação pela prorrogação ocorreu porque inúmeros bancários informaram que estavam com dificuldades para acessar o sistema", diz Mauri de Souza, conselheiro eleito da Fundação Itaubanco. "Além disso, também servirá para que os funcionários possam refletir um pouco mais sobre a proposta antes de tomarem uma decisão", completa Mauri.

Novo PAC

No Novo PAC, além da individualização das reservas, o participante terá direito a verter contribuições para o fundo para aumentar seu complemento e o Itaú, além das contribuições advindas do PAC atual, aportará mais 1% da folha de pagamento dos que aderirem, distribuídos por faixa salarial. Fica instituído também o direito de pensão em caso de morte do participante, esteja este na ativa ou já aposentado.

Uma outra modificação é a possibilidade de antecipar a aposentadoria aos 50 anos. "Mesmo que possa parecer interessante para o participante, o Sindicato entende que não é vantajoso, na medida em que se perdem as contribuições que seriam feitas pelo Itaú entre os 50 e 55 anos e a rentabilidade correspondente, além de consumir as reservas constituídas mais cedo", alerta André Luis Rodrigues, conselheiro deliberativo eleito da Fundação Itaubanco e diretor do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Outras vantagens do Novo PAC estão em escolher o perfil mais adequado de investimentos e acompanhar suas reservas, além das diferentes formas de recebimento do benefício e do direito de portabilidade.

Mais um dado importante é que a adesão ao novo plano é opcional, podendo o participante escolher se ficará no seu plano atual ou se fará adesão ao novo plano. Para isso será possível simular seus valores no site da Fundação Itaubanco e optar por aquilo que considerar mais vantajoso.

Fonte: Contraf-CUT