terça-feira, julho 23, 2019
Home > Bancos > Santander > TJ-SP condena Santander por incluir no SPC reclamante que não era cliente

TJ-SP condena Santander por incluir no SPC reclamante que não era cliente

A 9ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP) condenou o Santander a reparar A.P.B. por ter incluído indevidamente seu nome no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).
 

O reclamante entrou com ação na Justiça e comprovou que nunca teve conta no banco e que também não assinou nenhum contrato de cartão de crédito que gerasse a dívida no valor de R$ 221 mil.

A Justiça condenou o banco a reparar os danos ao reclamante com uma indenização de R$ 10 mil e determinou a exclusão definitiva de seu nome do cadastro de inadimplentes.

Fonte: Seeb São Paulo com Fato Notário