quinta-feira, dezembro 12, 2019
Home > Notícias do Sindicato > Contraf-CUT negocia saúde e condições de trabalho com Bradesco nesta sexta

Contraf-CUT negocia saúde e condições de trabalho com Bradesco nesta sexta

A Contraf-CUT, federações e sindicatos retomam nesta sexta-feira, dia 29, às 10h, as negociações permanentes com o Bradesco. A rodada acontece na sede do banco, em Osasco, e discutirá principalmente temas relativos à saúde do trabalhador e ao combate ao assédio moral.

O assunto ficou acertado na última reunião, ocorrida no dia 10 de junho. Os bancários cobraram do banco uma avaliação do programa de combate ao assédio moral, visando apurar se o programa está sendo cumprido com rigor em todo o país.

Na ocasião, os representantes dos funcionários entregaram ao banco a minuta de reivindicações da Campanha Nacional de Valorização dos Funcionários do Bradesco. A pauta lista demandas como melhores condições de trabalho, mais contratações para diminuir o ritmo intenso de trabalho a que os bancários estão submetidos diariamente, fim das metas abusivas e do assédio moral, melhor remuneração, auxílio-educação e Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) justo, transparente e democrático.

"Esperamos que o Bradesco mude sua postura e passe a encarar a mesa de negociação com a seriedade que ela merece. Queremos soluções concretas para os problemas enfrentados pelos bancários no dia a dia e o banco tem plenas condições de atender nossas demandas", afirma Elaine Cutis, coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco, órgão que assessora a Contraf-CUT nas negociações com o banco.

Fonte: Contraf-CUT