A pauta de reivindicações específicas dos funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), aprovada no 17º Congresso Nacional, será entregue pelo Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, ao presidente da instituição financeira, Jurandir Santiago, nesta quarta-feira (17), às 11h30, no Passaré, em Fortaleza. A reunião marca também a retomada do processo de negociação, suspenso há mais de cinco meses.
 

Os bancários aprovaram a minuta com 76 cláusulas, divididas em temas como benefícios, previdência e saúde, além de itens sociais e sindicais. Também está na pauta a luta pelo fim da terceirização na instituição e pela aprovação do projeto de lei que trata da isonomia entre os trabalhadores dos bancos federais (BB, Caixa, BNB e Basa).

"A entrega da minuta será um momento importante para os trabalhadores do BNB. Além de termos uma expectativa excelente para a Campanha 2011, será o primeiro encontro formal com o novo presidente do banco, empossado recentemente. É o início de uma relação que esperamos ser bastante positiva para os trabalhadores", afirma o secretário de Organização do Ramo Financeiro da Contraf-CUT, Miguel Pereira.

Confira as principais reivindicações dos funcionários do BNB:

Conquistas

– Licença-prêmio
– Isonomia de tratamento
– Financiamento habitacional
– Licença-paternidade
– PLR linear

Previdência

– Revisão do Plano BD
– Democratização da Capef
– Aporte de recursos para a Capef

Saúde

– Plano de custeio da Camed
– Programa de Assistência Social
– Fundo Especial de Custeio à Saúde

Funcionais

– Isonomia entre funções
– Concorrência e transferência
– Incorporação de função
– Transporte de numerário
– Plano de Funções
– Revisão do PCR

Sociais

– Adicional de insalubridade
– Ausências legais
– Complementação Auxílio-doença
– Operacionalização do Credi e Agroamigo

Sindicais

– Ausências no período decorrente da greve
– Valorização do dirigente sindical
– Passivos trabalhistas

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Ceará