lancamp2011_377.jpg
lancamp2011_377.jpg
Nesta sexta-feira, 19, os bancários fizeram o lançamento da Campanha Nacional 2011 em frente ao condomínio do Banco do Brasil na Praça 1817, centro da capital paraibana, em um ato público que contou com a participação do deputado federal Ricardo Berzoini (PT-SP).

A diretoria do Sindicato dos Bancários da Paraíba apresentou à sociedade a pauta de reivindicações da categoria profissional e ressaltou que os bancários também estão lutando por mudanças nos bancos, que atendam aos anseios da sociedade e tragam benefícios para clientes e usuários.

O presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Henriques enfatizou os lucros dos bancos e a falta de responsabilidade social na distribuição desses recursos com a sociedade. “Os banqueiros já lucraram até demais e agora é hora de favorecer a sociedade, através da redução das tarifas e taxas, investimento segurança e contratação de mais bancários”, ressaltou.

Em sua exposição, Ricardo Berzoini reafirmou seu apoio à luta dos trabalhadores bancários, cujas dificuldades conhece desde sua experiência como presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo. O deputado também criticou a atuação conservadora do Banco Central. Para o deputado, a forma como o BC vem conduzindo e aumentando, mês após mês, a taxa de juros vai contra a necessidade do país de continuar crescendo. "O Banco Central tem atuado como um verdadeiro sindicato dos banqueiros e não está interessado em defender os anseios da sociedade", criticou.

Após o ato público, os bancários seguiram em passeata pelas principais agências do centro da cidade e do corredor financeiro da Epitácio Pessoa, mobilizando os bancários e sensibilizando os clientes para os prováveis desfechos da campanha, que poderá culminar com a deflagração de uma greve, caso os banqueiros ajam com costumeira intransigência.

Os bancários avaliaram positivamente o lançamento da campanha, que aconteceu em alto estilo, com direito a fogos, orquestra de frevos, carro de som, faixas, cartazes e jornal do cliente. O destaque ficou por conta da representação lúdica da distância entre o “lucro dos bancos” e o “salário do bancário”, respectivamente representados por um ator em pernas de pau e um anão.

Inspirado nessa representação, o militante Ricardo Brindeiro, que estava na agência centro do Itaú, mostrou de forma criativa e musical como os bancários juntos podem enfrentar os banqueiros, e logo, logo todos estavam a cantar aquele refrão animado: “Pisa ligeiro / Pisa ligeiro / Quem não pode com a formiga / Não atiça o formigueiro…” Veja o vídeo, abaixo:

{flv}FORMIGUEIRO{/flv}