O Comando Nacional dos Bancários entrega nesta terça-feira (30), em São Paulo, a pauta de reivindicações específicas dos funcionários do Santander. A entrega ocorrerá no intervalo da primeira rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Fenaban, pela Campanha Nacional dos Bancários 2011.

Elaborada com base na consulta aos bancários do Santander, realizada pelos sindicatos, a minuta de reivindicações foi aprovada em assembleias em todo o país. As negociações visam a renovação do acordo aditivo dos funcionários do Santander à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos bancários – o instrumento vigente termina no próximo dia 31 de agosto. O Santander é o único banco privado que assina um aditivo à CCT.

"O aditivo é uma importante conquista dos funcionários do Santander, que até agora são os únicos entre os bancos privados a usufruir de um acordo complementar à convenção coletiva", destaca o funcionário do banco e secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.

Uma série de direitos foram conquistados com muita luta e negociação, como auxílio-educação, intervalo de 15 minutos dentro da jornada de seis horas, ampliação da licença-amamentação, e licença não remunerada de 30 dias para acompanhamento de familiares com problemas de saúde, entre outros.

No mesmo dia, às 10h, haverá reunião da Comissão de Organização dos Empregados (COE) Santander – órgão da Contraf-CUT que assessora as negociações específicas com o banco – para organizar a entrega da pauta específica. O encontro ocorrerá no auditório Amarelo do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

Fonte: Contraf-CUT