Crédito: Seeb Limeira
Seeb Limeira
Mobilização: trabalhadores pressionam banqueiros

Com animação da Banda Samba New e encenação de banqueiro cobrando metas abusivas de bancários robotizados, a caravana da FETEC-CUT/SP e sindicatos filiados chegou, na terça-feira 6, à cidade de Limeira.

A atividade contou com retardo de 15 minutos na abertura da agência central do Santander, em protesto contra uma demissão. Houve divulgação das reivindicações da Campanha Nacional 2011.

"No primeiro semestre deste ano, o Santander obteve no Brasil um lucro de R$ 4,154 bilhões,o que representa 25% do resultado mundial do grupo espanhol, ou seja a maior participação em todos os países onde o banco opera. E isso é fruto do esforço dos funcionários, que devem ser compensados com melhores condições de trabalho e de salário", destacou Sebastião Geraldo Cardozo, o Tião, diretor da FETEC-CUT/SP.

A caravana da FETEC-CUT/SP flagrou as agências totalmente lotadas, no quarto dia útil do mês. "Aproveitamos o ensejo para denunciar a falta de funcionários e a necessidade de se ampliar o horário de atendimento ao público com criação de dois turnos de trabalho", declarou Dalva Radeschi, presidente do Sindicato dos Bancários de Limeira.

Depois de percorrer seis agências do centro da cidade, a caravana concentrou-se na agência do Bradesco, onde houve revoada de balões.

A mobilização dos bancários registrou a presença dos vereadores Ronei Costa Martins (PT de Limeira) e Fátima Marina Celin (PT de Cordeirópolis e diretora do Sindicato), além do Superintendente do INSS local e de dirigentes sindicais do Sindicato dos Motoristas, dos Servidores Municipais e da APEOESP.

Fonte: Fetec SP