Mobilização da Campanha Nacional cresce em todo Brasil

As atividades da Campanha Nacional no Vale do Paranhana, no Rio Grande do Sul, começaram na última quarta-feira, dia 14, em frente à agência do Banrisul de Taquara. Na ocasião foi realizado um debate com a sociedade para informar a necessidade do apoio de toda a população para o sucesso da mobilização.

Os bancários também destacaram os grandes lucros dos banqueiros, os altos juros e tarifas cobradas, o descaso e o precário atendimento prestado aos clientes em função da falta de funcionários.

Após divulgar aos bancários e a comunidade as negociações já ocorridas e denunciar que os bancos a cada ano adoecem mais seus funcionários pela pressão das metas abusivas, o Sindicato promoveu uma caminhada pela Rua Júlio de Castilhos, no centro da cidade, onde se concentram as sete agências do município.

Durante a passeata, que contou com aproximadamente 100 pessoas, foram distribuídos panfletos e também aconteceram manifestações junto ao carro de som. O encerramento da atividade ocorreu em frente à agência do Banco do Brasil.

Além da diretoria do Sindicato, o ato contou com as presenças do diretor da Fetrafi-RS, Carlos Augusto Rocha, dos diretores do Sindicato de Porto Alegre, Lúcio Mauro Paz, José Orlando Ribeiro, Jorge Luis Lucas, Alexandre Rieger e Geovana Freitas, do diretor da Contraf-CUT, Paulo Roberto Stekel, e dos diretores da CUT-RS, Claudir Nespolo e Simone Goldschmidt.

Dirigentes de outras categorias como CPERS, Sindicato dos Rodoviários de Taquara, Sindicato dos Sapateiros de Igrejinha, Sindicato dos Metalúrgicos de Sapiranga, de São Leopoldo e de Canoas, também compareceram à atividade.

Fonte: Fetrafi-RS