A primeira negociação específica entre a Contraf-CUT e os Sindicatos dos Bancários de Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) aconteceu na terça-feira, dia 27, na capital gaúcha. Foram discutidos, um a um, os pontos da pauta de reivindicações.

O banco deu resposta para algumas cláusulas com possibilidades de serem atendidas ou de fazer estudos sobre os temas. Nova reunião ocorre nesta sexta, dia 30, às 9h, quando continuarão os debates sobre os demais pontos da pauta específica.

O que o banco disse na primeira rodada

1) Para a cláusula terceira, que trata da extensão do plano do saúde aos aposentados do RP II, disse que fará estudos a respeito do tema;

2) Para a cláusula quarta, que trata da estabilidade no emprego no período compreendido entre a data de aposentadoria do INSS até completar o tempo necessário para se aposentar pelo ISBRE, disse que já vem procedendo desta forma, em que pese ter havido um pequeno espaço de tempo que a cláusula não teve tal cumprimento;

3) Para a cláusula quinta, que diz respeito ao pagamento mensalizado da gratificação semestral (gratificação ordinária), o DERHU disse que está encaminhando parecer favorável ao pagamento mensalizado para que a diretoria aprecie tal pleito;

4) Para a cláusula sétima, que diz respeito a eleição direta de diretores do ISBRE, disseram que o banco encaminhará ao ISBRE uma posição favorável a este pleito, para que o mesmo verifique a possibilidade de fazer este encaminhamento ao pleito dos trabalhadores;

5) Para a cláusula décima segunda, que diz respeito ao parcelamento de férias aos funcionários com mais de 50 anos, que mediante manifestação expressa assim preferirem, o banco disse que é favorável e que estará vendo uma redação para esta cláusula.

Os trabalhadores foram representados pelo diretor do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e da ContrafCUT, Paulo Stekel, e pelos delegados sindicais de Porto Alegre, Ottoniel Gomes da Rocha e Pablo Diogo Rex Cardoso, e pelo delegado sindical de Florianópoliis, Artéfio dos Santos.

O BRDE foi representado pelo superintendente de Infraestrutura, Paulo André Raffin, e pela chefe do Departamento de Recursos Humanos (DERHU), Letícia Weber.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Porto Alegre