Crédito: Osíris Duarte/Seeb Florianópolis
Osíris Duarte/Seeb Florianópolis
Protesto dos bancários denunciou lucros e questionou sistema financeiro

O Sindicato dos Bancários de Florianópolis e Região realizou, na quarta-feira (5) um ato de protesto denunciando a indecência que é o lucro dos bancos no Brasil.
 

Usando apenas as roupas de baixo, os manifestantes portavam cartazes visando, segundo o Sindicato, "alertar a população sobre as práticas das instituições financeiras no país, que cobram uma das taxas de juros mais altas do mundo e lucram ano após ano cada vez mais, mas ainda assim se recusam a atender as demandas dos trabalhadores e da população com relação a precariedade do atendimento, ambiente de trabalho, cobrança de metas e valorização da remuneração da categoria".

A manifestação teve o tema "Indecência é o lucro dos bancos". Segundo o Sindicato, a intenção foi gerar o debate sobre o peso que se dá à construção de valores na nossa sociedade, questionando os lucros astronômicos do sistema financeiro.

"A nudez, condição natural do ser humano, é mais indecente que o sistema financeiro?", questionou o Sindicato.

A atividade reforçou a mobilização dos bancários de Florianópolis, durante o nono dia de greve nacional da categoria.

Fonte: Contraf-CUT, com Seeb Florianópolis