Com a assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de 2011/2012, que ocorre nesta sexta-feira, dia 21, às 14h, em São Paulo, entre a Contraf-CUT, federações e sindicatos com a Fenaban, os bancos têm prazo até o próximo dia 31 para pagar a antecipação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

A nova convenção coletiva, a exemplo do ano passado, estabelece o prazo de até dez dias após a assinatura do acordo para que os trabalhadores recebam a antecipação da PLR.

O valor da antecipação da regra básica da PLR é de 60% (que corresponde a 54% do salário mais R$ 840, com teto de R$ 4.696,37). Já a antecipação da parcela do adicional será a distribuição de 2% do lucro líquido do primeiro semestre deste ano com teto de R$ 1.400.

O restante vem até o dia 1º de março de 2011. Vale lembrar que, se após pagar a regra básica a todos os trabalhadores, os bancos não tiverem distribuído pelo menos 5% do lucro líquido, eles devem aumentar, na segunda parcela, o valor pago até chegar a 2,2 salários com teto de R$ 17.220,04. Pelas projeções do Dieese, funcionários do Bradesco, Itaú e Santander receberão 2,2 salários.

Diferenças de salários e tickets

Já as diferenças salariais e dos vales e auxílios referentes aos 9% de aumento serão creditadas até a folha de pagamento de novembro. Serão dois meses de diferenças, já que a data-base dos bancários, quando o acordo de 2010 venceu, é 1º de setembro.

Dias parados

Não será descontado nenhum dia da greve dos trabalhadores entre 27 de setembro e 17 de outubro. Nos moldes do ano passado, haverá compensação entre a data da assinatura da convenção coletiva até o dia 15 de dezembro, de segunda a sexta-feira (exceto feridos), em no máximo duas horas por dia. Eventual saldo após esse período será anistiado.

Bancos federais

As assinaturas dos acordos específicos do Banco do Brasil, que tem regra própria de distribuição da PLR semestral, e da Caixa Econômica Federal, que inclui a PLR social, ainda não têm data marcada.

Já os empregados do Banco da Amazônia, que têm negociação nesta quinta-feira, e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) ainda permanecer em greve, buscando avanços nas pautas específicas.

Avaliação

Com a unidade nacional, a força da mobilização e a capacidade de negociação do Comando Nacional de Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, os bancários conquistaram este ano reajuste salarial de 9%, que corresponde 1,5% de aumento real, sendo o oitavo ano consecutivo com ganhos acima da inflação. O piso também teve valorização maior pelo segundo ano seguido e a PLR também cresceu.

"A nova convenção coletiva coroa mais uma campanha vitoriosa dos bancários. Enfrentamos um cenário econômico e político adverso. Derrotamos a visão equivocada de setores do governo e do empresariado de que salário gera inflação. E garantimos a continuidade do modelo de valorização do trabalho, como forma de fortalecer o desenvolvimento econômico com distribuição de renda", avalia Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando Nacional.

"Cada trabalhador que ajudou a fazer a greve forte, permitiu que arrancássemos dos banqueiros tudo que no início da nossa campanha eles se recusavam a pagar", afirma a presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Juvandia Moreira. "Estão todos de parabéns pelas conquistas, e com a certeza de que nossa luta continua todos os dias para cobrar dos bancos o respeito que eles devem aos seus funcionários."

Confira como será o pagamento da antecipação da PLR

Antecipação PLR (R$)

Faixa Salarial


com reajuste

Diferenças


Salário Set.
Diferenças


Salário Out.
Diferenças


VA (set/out)
1.400
1.596
1.400
2.996
1.900,36
1.866,20
1.400
3.266,20
2.170
2.190
1.400
3.590
2.725
2.460
1.400
3.860
3.270
2.730
1.400
4.130
3.815
3.270
1.400
4.670
4.905
3.540
1.400
4.940
5.450
4.080
1.400
5.480
6.540
4.620
1.400
6.020
7.630
4.696,37
1.400
6.096,37
8.720
4.696,37
1.400
6.096,37

(1) A antecipação da regra básica de PLR é composta por 54% do salário reajustado mais R$ 840,00, que corresponde a 60% da parcela fixa de R$ 1.400,00

Confira as diferenças de salários e tickets que o banco deve receber

Diferenças Salário e Verbas (R$)

Salário c/reajuste

Diferenças


Salário Set.
Diferenças


Salário Out.
Diferenças


VA (set/out)
Diferenças


VR (set/out)
Total
1.400
150
150
56
71,72
427,72
1.900,36
191,31
191,31
56
71,72
510,34
2.170
232,50
232,50
56
71,72
592,72
2.725
225
225
56
71,72
577,72
3.270
270
270
56
71,72
667,72
3.815
315
315
56
71,72
757,72
4.905
405
405
56
71,72
937,72
5.450
450
450
56
71,72
1.027,72
6.540
540
540
56
71,72
1.207,72
7.630
630
630
56
71,72
1.387,72
8.720
720
720
56
71,72
1.567,72

(1) Os bancários receberão em novembro os auxílios alimentação e refeição


já reajustados além das diferenças retroativas a setembro e outubro de 2011 



(2) Valores referentes as diferenças retroativas a setembro e outubro entre o vale


refeição mensal de R$ 399,30 em 2010 e R$ 435,24 a partir de setembro de 2011. 



(3) Valores referentes as diferenças retroativas a setembro e outubro entre o


vale alimentação de R$ 311,08 em 2010 e R$ 339,08 a partir de setembro de 2011


Fonte: Contraf-CUT com Seeb São Paulo