Três assaltantes fortemente armados invadiram a agência do Bradesco na Avenida Tiradentes, em Londrina, renderam vigilantes e bancários, e roubaram o dinheiro do banco. O ataque ocorreu na última sexta-feira (13), por volta das 17h15, após o expediente ao público.

Para o diretor do Sindicato dos Bancários de Londrina e representante do Paraná na Mesa Temática de Segurança Bancária, Luciano Moretto, esse assalto demonstra, sem sombra de dúvidas, que a porta giratória com detector de metais deve ser instalada na entrada do estabelecimento, antes do hall de autoatendimento.

"Pelo visto, os assaltantes sondaram a rotina da agência e encontraram uma forma de burlar o sistema de segurança. Recentemente o Sindicato esteve reunido com representantes do Bradesco e cobrou uma série de medidas para impedir que isso ocorra", relata Luciano, lembrando que o banco também está aumento o risco ao abrir novas agências sem as portas de segurança.

O Sindicato está solicitando à administração do Bradesco a emissão de CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) para todos os funcionários da agência que presenciaram o assalto.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Londrina