dsc_4069.jpg
dsc_4069.jpg
Greve é legal e vamos chamar bancos à responsabilidade, diz promotor na PB –
Com essa manchete, a Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf – CUT) repercutiu como muito positiva a reunião ocorrida nesta segunda-feira, dia 17, com a participação do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Ministério Público da Paraíba e os Procons Estadual e Municipal – João Pessoa e Campina Grande, com o objetivo de traçar ações para preservar os direitos dos consumirodores durante a paralisação dos bancários.

O presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro ligou para o presidente do SEEB-PB, Marcos Henriques e parabenizou o Sindicato da Paraíba pela participação nessa reunião, onde foram discutidas ações  sobre a preservação dos direitos dos consumidores e a legitimidade do direito de greve dos bancários, com destaque para a solicitação aos órgãos de defesa do consumidor de impedirem os bancos de remeterem os cheques custodiados ao serviço de compensação.
 
"Os bancários da Paraíba estão de parabéns por fazerem um movimento pacífico e ordeiro em busca dos seus direitos, mas com a responsabilidade de minimizar o impacto na vida dos cidadãos", concluiu Carlão, como é mais conhecido o presidente da Contraf – CUT.