Crédito: Seeb Espírito Santo
Seeb Espírito Santo
Assembleia dos bancários do Espírito Santo aprova conquistas da greve

Os bancários capixabas aprovaram em assembleia realizada na quarta-feira (26) a proposta do Banestes, que trata das questões específicas dos bancários do banco estadual do Espírito Santo.

A proposta do banco prevê que a antecipação da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) será paga sem o limitador de distribuição máxima de 13% do lucro líquido. Essa foi uma conquista na mesa de negociações.

A comissão do Sindicato dos Bancários do Espírito Santo insistiu nesse item porque o lucro líquido do Banestes no primeiro semestre sofreu redução em função dos provisionamentos para os casos de inadimplência, ficando em torno de R$ 19 milhões.

"Se fosse mantido o limitador, os funcionários iriam receber valores muito baixos na antecipação", afirmou o diretor do Sindicato, Jonas Freire. Ele explicou que a expectativa do banco é fechar o ano com resultados positivos e, portanto, no pagamento da segunda parcela da PLR, em março de 2013, será possível aplicar a regra da Convenção Coletiva com os limitadores.

Dessa forma, na antecipação, que é creditada dez dias após a assinatura da Convenção Coletiva, os bancários do Banestes vão receber 54% do salário reajustado em setembro/2012, acrescido do valor fixo de R$ 924, limitado ao valor individual de R$ 5.048,60, ainda que o total ultrapasse os 13% do lucro líquido.

Outro avanço no Banestes foi a aceitação das cláusulas relativas à igualdade de oportunidades, ao combate ao assédio moral e ao assédio sexual e à saúde e condições de trabalho. "Os bancários afastados terão mais proteção, tanto enquanto esperam a perícia do INSS quanto no retorno ao trabalho", avaliou o secretário-geral do Sindicato, Jessé Alvarenga.

Os bancários também ganharam mais um dia de abono assiduidade que passou de três para quatro. Quanto aos dias de greve, os empregados vão compensar 50% das horas e o restante será abonado.

Privados, BB e Caixa

Os bancários também aprovaram no mesmo dia as propostas da Fenaban e as específicas do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. A assembleia foi realizada no Centro Sindical, em Vitória.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Espírito Santo