Os bancários do Itaú, da Caixa, do Santander e do HSBC receberão na quinta-feira da próxima semana, dia 11, a antecipação do pagamento da PLR conquistada na Campanha Nacional encerrada nesta terça-feira com a assinatura da Convenção Coletiva da categoria entre a Contraf-CUT, as federações, os sindicatos e a Fenaban. A segunda parcela será depositada até o dia 1º de março de 2013.

"São os primeiros resultados concretos da campanha vitoriosa dos bancários, conquistada com uma grande demonstração de unidade nacional e uma greve de nove dias", afirma Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando Nacional.

O Itaú, o Santander e o HSBC informaram a Contraf-CUT sobre a antecipação do pagamento nesta quarta-feira. A Caixa já havia anunciado a decisão nesta terça-feira.

Nos quatro bancos, o adiantamento da PLR corresponde a 54% do salário reajustado com 7,5% (se for o piso, o reajuste é de 8,5%) mais o valor fixo de R$ 924,00, limitado a R$ 5.048,60. Já para a antecipação da PLR adicional serão distribuídos 2% do lucro líquido do primeiro semestre deste ano, dividido pelo número total de funcionários elegíveis,com teto de R$ 1.540.

O Santander calculou a PLR adicional em R$ 1.265,13 e o Itaú em R$ 1.400.

A Caixa, além disso, antecipará também no dia 11 a PLR Social referente ao primeiro semestre de 2012, que equivale à distribuição linear a todos os empregados de 4% do lucro líquido do banco no período.

Os bancários do Itaú receberão a Participação Complementar nos Resultados (PCR), creditada de uma só vez no valor de R$ 1.800, no dia 8 de outubro, que não será descontada da PLR.

Já o Santander depositará ainda no dia 11 a antecipação do Programa Próprio Específico (PPE) das áreas e cargos elegíveis referente ao resultado do 1º semestre. Os valores da PPE não serão descontados da PLR.

Os pagamentos do reajuste salarial e das diferenças dos pisos salariais, do auxílio-refeição, da cesta-alimentação e da 13ª cesta-alimentação virão no salário de outubro. O Itaú informou que fará o depósito no dia 26. O pagamento dos valores dos benefícios será creditado nos cartões, retroativamente a 1º de setembro.

(Atualizado às 18h00 de 3/10)

Fonte: Contraf-CUT