O crime da “saidinha de banco” fez mais uma vítima fatal em São Paulo. O cliente Sílvio Batista, de 43 anos, foi assassinado depois de sacar uma determinada quantia de dinheiro em uma agência do Bradesco, por causa do nascimento de dois filhos.

O caso ocorreu na última terça-feira (23), na região do Mandaqui, zona norte de São Paulo. A vítima foi seguida por bandidos em uma moto após deixar o banco – os criminosos o abordaram e exigiram a quantia sacada.

O homem então foi baleado nas costas pelos bandidos. Pessoas que passavam pelo local o socorreram no Pronto Socorro do Mandaqui, onde morreu.

A vítima era casada e tinha gêmeos recém-nascidos. Até o momento ninguém foi preso, e o caso foi registado no 38º Distrito Policial.

Fonte: Contraf-CUT com Band