O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para as famílias com renda de um a cinco salários mínimos, teve variação de 0,35% em maio, valor 0,24 ponto percentual menor que o registrado em abril (0,59%).

O índice foi divulgado nesta sexta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e acumula alta de 3,02% no ano, superior aos 2,29% relativos ao mesmo período do ano passado.

Nos últimos 12 meses, o INPC acumula 6,95%, caindo em relação ao período que se encerrava em abril, 7,16%. Os alimentos contribuíram com maior peso para a desaceleração, já que a taxa de 0,97% registrada em abril, caiu para 0,27% em maio. Os produtos não-alimentícios tiveram queda menor do INPC, de 0,43% para 0,38%.

O maior índice regional é o de Recife, 0,69%, com pressão dos alimentos, que subiram 1,17%. Em Belém, houve deflação (-0,14%), com os alimentos em queda de 0,66%. São Paulo, que responde por 25% do índice, teve retração do índice de 0,53 para 0,23%.

Fonte: Agência Brasil