Telecomunicações e bancos lideraram o ranking de atendimentos do Procon-SP (órgão de defesa do consumidor). A pesquisa foi divulgada nesta segunda-feira (3).

Ao todo, foram 75.401 registros contra empresas de telecomunicações, 13,18% a mais que em 2012. Já o número de demandas contra os bancos tiveram queda de 10,74%, registrando 66.629 e ficando em segundo lugar. 

Em terceiro, aparece o setor de aparelhos de celular (19.008), mantendo a mesma posição de 2012; o setor de microcomputadores/produtos de informática (14.099), que não apareciam no ranking de 2012, ficou em 4º; e planos de saúde permaneceram na 5ª posição, com 12.859 queixas, com uma ligeira queda sobre as 13.491 reclamações do ano anterior. 


Fonte: Contraf-CUT com Folha de S.Paulo