De acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, o ano de 2014 abriu com queda de 2,8% na procura por crédito pelos consumidores, na comparação com janeiro de 2013. Em relação a dezembro passado, a demanda do consumidor por crédito subiu 8,0%, impactada pela maior quantidade de dias úteis no primeiro mês deste ano (23 contra 21).

De acordo com os economistas da Serasa Experian, os consumidores continuam cautelosos em assumir novos financiamentos neste início de ano. O crediário mais caro devido ao processo de aumento dos juros, as incertezas quanto ao cenário inflacionário e os esforços dos consumidores em reduzir seus níveis de inadimplemento mantêm o apetite do consumidor por crédito relativamente contido.

Porém, mesmo tendo recuado em janeiro, este foi o melhor resultado dos últimos quatro meses, de acordo com o cálculo dos especialistas da Serasa.