A Comissão da Verdade, do Sindicato dos Bancários de Brasília, está procurando documentos de militantes bancários e da entidade que se perderam na época da ditadura militar. 

A Comissão, criada pelo sindicato, quer resgatar documentos que contam a história de luta e resistência desses trabalhadores e seus familiares durante a repressão. 

Muitos bancários e seus familiares guardaram documentos da época para impedir que eles caíssem nas mãos do Departamento de Ordem Política e Social (Dops). O Sindicato também sofreu com a intervenção dos militares, que não mediram esforços para impedir a mobilização e a unidade da categoria bancária. 

Fundação do Sindicato
Os bancários de Brasília também esperam recuperar documentos da época da fundação da entidade que foram perdidos durante os anos de chumbo, quando muitos militantes e dirigentes sindicais foram perseguidos e torturados pelos militares.

Arquivos como atas de reuniões, fichas de formação sindical, fotos, jornais, vídeos, entre outros, foram guardados no intuito de impedir que militares destruíssem documentos importantes da história dos bancários.


Fonte: Seeb Brasília