Crédito: Seeb Porto Alegre
Seeb Porto Alegre Houve lançamento de três livros de oficinas literárias do Sindicato

O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre participou da 20ª Feira do Livro de Havana, uma das maiores do mundo. Convidada, a entidade lançou os livros produzidos em suas oficinas literárias de 2012 e 2013. O evento aconteceu de 13 a 23 de fevereiro na fortaleza de La Cabaña, local onde é realizada desde sua primeira edição, em 1992.

Os oficineiros que foram até Havana participaram de seminário e de uma sessão de autógrafos dos livros produzidos. O evento ocorreu no último dia 19, na Fortaleza de San Carlos de La Cabaña, no Centro Histórico de Havana. O local foi declarado patrimônio da humanidade em 1982. Foram lançados os seguintes livros da oficina:

– Esta terra tem dono / Esta tierra tiene dueño / Co yvy oguereco yara: livro de contos trilingue em português, espanhol e guarani, lançado na Feira do Livro de Porto Alegre e também em Montevidéu, Buenos Aires e Asunción, em novembro de 2012.

– A saúde do trabalhador brasileiro / La salud del trabajador brasileño: livro de contos bilíngue português/espanhol, lançado na Feira do Livro de Porto Alegre em novembro de 2013.

Este foi o segundo ano consecutivo em que os livros da oficina do SindBancários tiveram lançamento internacional. Em 2012, a produção da obra trilíngue que contou a história do povo guarani, teve lançamento em Montevidéu (Uruguai), Buenos Aires (Argentina) e Assunção (Paraguai). Escrito em português, a obra foi traduzida para o espanhol e o guarani.

Além das duas publicações com textos dos oficineiros, foi lançado também um livro de autoria do professor da oficina e escritor Alcy Cheuiche. O livro Sepé Tiarayú – Novela de los Siete Pueblos de Misiones foi publicado em 2012, em Porto Alegre.

Cheuiche contou em um texto a emoção de lançar a obra de seus alunos e a sua própria em Havana.

> Clique aqui para ler o texto de Cheuiche.

O presidente do SindBancários, Mauro Salles, retornou ao Brasil impressionado com o evento que homenageou o Equador. “No ano passado, visitamos três países da América do Sul e tivemos o livro que contou a história do povo guarani em três língua consagrado como uma obra cultural de integração entre povos do Cone Sul. Este contamos a história da saúde no Brasil e fomos a Cuba pensando o quanto este país tem ajudado os brasileiros com o envio de médicos”, disse.

“Precisamos valorizar ainda mais eventos como feiras do livro este no nosso país. A Feira de Havana nos inspira a querer trazer a cultura para mais perto, a valorizá-la ainda mais. Como não poderia ser diferente, o SindBancários busca cumprir este papel, seja través do cinema, literatura ou eventos culturais”, apontou Mauro Salles.

As oficinas literárias são promovidas anualmente pelo Sindicato.

Inscrições abertas

Mantendo uma programação que iniciou em 2008, o SindBancários está com as inscrições abertas para a Oficina de Criação Literária 2014, tradicionalmente sob a orientação do escritor Alcy Cheuiche.

O tema será sobre “Os 50 anos do Golpe de 1964”. As aulas serão na sede do Sindicato, todas as segundas-feiras, das 18h às 21h, de março a dezembro de 2014, a partir de 10 de março. Não se exige dos candidatos experiência prévia em oficina literária. Bancários sindicalizados terão desconto especial.

Segundo Alcy Cheuiche, serão abertas inscrições para até 20 alunos que receberão aulas sobre a arte de escrever e redigirão os contos que comporão o livro a ser lançado na Feira do Livro de Porto Alegre em novembro.

Durante o curso serão entrevistados em sala de aula personagens que viveram o pré-golpe (Legalidade de 1961, principalmente), o golpe (1º de abril de 1964) e os principais acontecimentos posteriores ao golpe até os nossos dias.

Já estão sendo feito contatos com sindicalistas, jornalistas e outros personagens que viveram e vivem acontecimentos políticos dos últimos 50 anos, como Olívio Dutra, Flávio Tavares e João Vicente Goulart, entre outros. Também serão projetados e discutidos filmes sobre o tema.

Notícia atualizada às 18h46 de 25.02.2014.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Porto Alegre