Crédito: Seeb Campinas
Seeb Campinas Miguel Pereira, secretário de Organização, representou a Contraf-CUT

A Câmara Municipal de Campinas realizou sessão solene nesta quinta-feira (27) em homenagem aos 60 anos do Sindicato no mesmo dia de sua fundação: 27 de fevereiro. A iniciativa da sessão na Câmara foi proposta pelo diretor do Sindicato e vereador André von Zuben.

Histórico

O Sindicato dos Bancários de Campinas e Região completa 60 anos de refundação no dia 27 de fevereiro de 2014. Refundação porque o embrião do Sindicato surgiu na agitada década de 30 do século passado. Por pressão dos banqueiros, no entanto, os sindicalizados foram obrigados a se desligarem do quadro, forçando o fechamento da entidade.

Na década de 40, construiu-se outra opção para reunir a categoria: o Clube dos Bancários. Mas, como seu objetivo principal era a recreação, os bancários de Campinas, para não ficarem sem uma entidade que defendesse seus direitos, filiaram-se ao Sindicato de São Paulo.

Após a histórica greve de 1951, a categoria voltou a discutir a necessidade de um Sindicato na cidade. No 1º Congresso Paulista dos Bancários, realizado nos dias 27 e 28 de setembro de 1952, foi recomendada pela diretoria do Sindicato dos Bancários de São Paulo a fundação do Sindicato em Campinas, assim como em Santos, Ribeirão Preto e Marília. O objetivo dessa orientação, além de melhor organizar a categoria, era alcançar o número mínimo de cinco sindicatos para a fundação da Federação dos Bancários.

No dia 8 de janeiro de 1953, em assembleia da categoria, foi fundada a Associação dos Bancários de Campinas, primeira etapa legal para criação do Sindicato. O bancário Acácio de Gama Antunes foi eleito presidente da Associação. Poucos meses depois, Acácio pediu exoneração do cargo porque fora transferido para a agência do Banco do Brasil em Santos. Por deliberação da diretoria, assumiu a presidência o suplente Otávio da Silva Leme.

Em nova assembleia, no dia 7 de maio de 1953, foi aprovado o Estatuto da entidade e a diretoria foi autorizada pelos bancários a registrar a Associação na Delegacia Regional do Trabalho, em São Paulo. A partir do registro da Associação na DRT, efetuado no dia 2 de junho de 1953, a luta foi pelo reconhecimento da entidade como Sindicato. Em menos de um ano, renascia, no dia 27 de fevereiro de 1954, o Sindicato.

Fonte: Seeb Campinas