Crédito: Seeb Criciúma
Seeb Criciúma Bancárias receberam brindes do Sindicato nos locais de trabalho

Para marcar o 8 de Março – Dia Internacional da Mulher, as trabalhadoras do sistema financeiro de Criciúma (SC) foram homenageadas com a entrega de um brinde nos locais de trabalho pelo Sindicato dos Bancários e Financiários de Criciúma e região.

A categoria integra 435 mulheres do total de 987 trabalhadores e trabalhadoras, um percentual de 44,07%. São 10 municípios de base da entidade – Criciúma, Içara, Forquilhinha, Morro da Fumaça, Cocal do Sul, Urussanga, Treviso, Siderópolis, Nova Veneza e Balneário Rincão.

Conforme a diretora do Sindicato, Dirceia Locatell, essa data é marcada historicamente por manifestações e protestos no mundo inteiro. Por isso, o dia é um dia internacional e, um momento importante para dialogar com a categoria.

“O papel da mulher na sociedade atual é tentar diminuir o preconceito e a desvalorização da mulher. Muito já foi conquistado, mas muito ainda há para ser mudado”, disse a sindicalista.

Ela lembra e faz um convite para todos ouvirem no sábado o programa Repercut veiculado na Rádio Hulha Negra que será transmitido especialmente da Praça Nereu Ramos em homenagem às mulheres.

Você sabia?

O Dia Internacional da Mulher foi proposto pela jornalista e política alemã Clara Zetkin, em 1910, no 2º Congresso Internacional de Mulheres Socialistas, em Copenhagen. À época, a militante não sugeriu uma data específica.

Na década de 70, o dia passou a ser associado de forma equivocada a um incêndio que aconteceu em uma fábrica têxtil de Nova Iorque, em 25 de março de 1911, que vitimou 146 pessoas, das quais 125 eram mulheres.

Em 1975, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu 8 de março como o Dia Internacional da Mulher. (Fonte – Contraf-CUT)

Fonte: Seeb Criciúma