Após intensa negociação e mobilização da categoria, o Sindforte/RN conseguiu com que a Brinks honrasse uma dívida que tem com trabalhadores e pagasse quase meio milhão de reais aos vigilantes que cumpriram 180 minutos a mais de jornada de trabalho. 

Desta forma, todos os trabalhadores que possuem este direito receberão tudo o que a empresa não pagou nos últimos cinco anos. O presidente da Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV), José Boaventura, assinou o acordo, uma vez que o Sindforte/RN é uma entidade em formação e ainda não possui registro sindical, portanto não poderia realizar a assinatura.

A cláusula faz parte do Acordo Coletivo de Trabalho com a Brinks, mas a empresa nunca cumpriu. Agora, o Sindforte/RN conseguiu com que a dívida fosse assumida e paga. Os valores variam de acordo com as horas trabalhadas por cada vigilante. Para garantir que os valores pagos sejam calculados de forma correta, o Sindicato pediu que a Brinks abrisse a folha de ponto dos últimos cinco anos. 

Outra grande conquista foi assegurar o pagamento do tíquete no valor de R$ 11. Nos três primeiros anos (2008, 2009 e 2010) este valor não chegava a R$ 2 por dia. “A empresa vai abrir a folha de ponto e verificar quantos tíquetes cada trabalhador atingiu neste período. Existem trabalhadores com 944 tíquetes, por exemplo”, explicou Tertuliano Santiago, presidente do Sindforte/RN. O pagamento está previsto para o dia oito de abril.

“Esta vitória representa o reconhecimento e respeito que a categoria vem adquirindo. Para nós, é o reconhecimento da união dos trabalhadores que está arrancando R$497 mil. Além disso, também conquistamos, com muita negociação, a troca de parte da frota, a contratação de pessoal para a sala de valores, compra de arma e munição, troca de gestor, reforma na estrutura física da empresa e contratação de mecânico para manutenção da frota. Tudo isso demonstra a força do sindicato e da categoria”, comemorou Santiago.

No mesmo dia foi assinado, também pela CNTV, o aditivo a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) garantindo percentual de reajuste incluindo plano de saúde, além do reajuste para vigilantes de base e carro leve ATM.


Fonte: CNTV