Crédito: Seeb Pelotas
Seeb Pelotas Proservi, empresa terceirizada, tem pago salários com atraso há vários meses

Com o salário de março atrasado, os vigilantes terceirizados da agência centro do Banco do Brasil, em Pelotas (RS), fizeram uma paralisação na manhã desta quarta-feira (26) e a unidade permaneceu fechada. Segundo o diretor do Sindivigi-PEL, Luís Ildefonso, os salários dos vigilantes vêm sendo pagos com atraso há vários meses. “Não há previsão da empresa para pagamento de março e já estamos quase no fim do mês, por isso estamos mobilizados”, disse ele.

A Proservi tem sede em Porto Alegre e bases gerenciais em Passo Fundo, Pelotas e Erechim. A terceirizada é responsável pela vigilância no Banco do Brasil, mas se nega a negociar com os trabalhadores.

De acordo com o Sindicato, a empresa estaria com pedido de falência decretado. “Estamos preocupados com nosso futuro, exigimos um mínimo de respeito e imediata abertura de negociação”, disse Ildefonso.

Solidariedade

O Sindicato dos Bancários de Pelotas se solidarizou com a luta dos vigilantes e apoiou a mobilização junto à agência. “Somos solidários aos companheiros vigilantes, pois o trabalho de segurança é indispensável para o funcionamento dos bancos”, disse o diretor de Comunicação do Sindicato, Roger Peres.

Fonte: Seeb Pelotas com Fetrafi-RS